Buscar
  • Radio Com 98.5

14º CRE encaminhará curso técnico para a Escola Estadual de Buriti

Governo Municipal manifestou apoio à instalação do Técnico em Agronegócio, curso escolhido pela comunidade com apoio de lideranças

O projeto para a instalação de curso técnico na Escola Estadual de Ensino Médio Buriti ganhou novos contornos na manhã desta segunda-feira, 27, com uma reunião ampliada no educandário que teve a participação de lideranças políticas e da comunidade escolar. A opção definida pelos pais, professores e alunos foi pelo Curso Técnico em Agronegócio, único na região. A 14ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) fará o encaminhamento do processo junto à Superintendência de Ensino Profissionalizante (SUEPRO), da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC).

O vice-prefeito, Dr. Volnei Teixeira, esteve presente na reunião, destacou o movimento da comunidade em torno da escola e colocou o Governo Municipal à disposição da comunidade para a conquista efetiva do curso técnico. “A gestão tem todas as condições para auxiliar nesta conquista”, declarou.

Volnei disse que um curso técnico na escola da Buriti, aumenta a possibilidade para a permanência dos filhos dos agricultores no meio rural e os prepara para a sucessão rural.

Participaram da reunião o deputado Eduardo Loureiro que articula junto ao Estado a implantação do curso técnico; a titular da 14ª CRE, Rosa Maria de Souza; a diretora da Escola Buriti, Rosmari Castanho Freitas; o presidente do Sindicato Rural, Laurindo Nikititz; do Círculo de Pais e Mestres do educandário, Leonir Otto; o presidente da Comunidade Evangélica, Norberto Mertins; Érico Soares, representando o escritório local da Emater; Diomar Formenton, coordenador de Projetos e Programas da Secretaria de Desenvolvimento Rural; Maria Lúcia Mousquer, interlocutora do SUEPRO, e Mara Rúbia Vieira, assessora das Escolas de Campo, ambas da 14º CRE; professores, pais e alunos.

ABRANGÊNCIA REGIONAL

Dos onze municípios que integram a 14ª CRE, o Curso Técnico em Agronegócio na Escola Estadual de Ensino Médio Buriti será o único e terá abrangência regional, acolhendo estudantes da vários municípios do noroeste gaúcho. “A escola tem uma infraestrutura extraordinária. O distrito tem ótima infraestrutura. Temos espaços e demanda. São fatores que devem ser aproveitados e considerados para uma área de atuação mais ampla’, defendeu o deputado estadual Eduardo Loureiro.

O parlamentar informou que já manteve contato com a SUEPRO e que será necessário um compilado de informações da demanda, sob um ponto de vista técnico, para a elaboração do projeto e cadastramento na SEDUC.

A coordenadora regional de Educação, Rosa Maria de Souza, relatou que a CRE fará todo o encaminhamento, apoiando o curso técnico na Buriti. “O ensino médio está sendo reestruturado, justamente pela prioridade ao ensino técnico, da preparação do estudante para o mercado do trabalho. É uma preocupação do país preparar o aluno para o trabalho”. Ele

disse ainda que, definido o curso pela comunidade escolar, a partir de agora, a coordenadoria fará o levantamento da demanda e outros estudos exigidos pelos trâmites da SUEPRO.

O CURSO

O Curso Técnico em Agronegócio foi avaliado entre outros 14 apresentados no eixo de Recursos Naturais da SEDUC, com duração de 1200 horas para alunos que já concluíram o ensino médio. Entre as exigências para a sua instalação está uma biblioteca com acervo específico e atualizado e um laboratório de informática com programas específicos.

Também foi apresentado pela diretora Rosmari, o vasto campo de atuação do profissional técnico em Agronegócio, como em empresas públicas e privadas de extensão rural, assistência técnica e pesquisa, em propriedades rurais, empresas de consultoria, comércio e representação comercial, indústrias, agroindústrias, cooperativas e associações rurais.

Fotos: Fernando Gomes






3 visualizações0 comentário