Buscar
  • Radio Com 98.5

Ornamentação do Natal Cidade dos Anjos tem a participação da comunidade

O envolvimento comunitário na confecção, recuperação de peças e na montagem da ornamentação para o Natal Cidade dos Anjos foi colocada em prática pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte, Lazer e Juventude (SETELJ) e encontrou respaldo na população. “A participação comunitária racionaliza recursos, integra a comunidade na organização do evento e incentiva o trabalho cooperativo”, justifica o secretário de Turismo Vando Ribeiro de Souza. Estudantes da rede pública de ensino e detentos do regime semi-aberto do Instituto Penal de Santo Ângelo estão colaborando com a iniciativa coordenada e assinada pelo artesão João Escobar, vinculado à SETELJ, que chama o projeto de “O Natal que nós queremos”. A participação da comunidade não é uma novidade, o ineditismo está no fato de que os professores adotaram os trabalhos em sala de aula valendo nota para os alunos que aderirem ao voluntariado. A proposta inovadora atinge mais de cem alunos e, na próxima semana, este número será elevado para 200, com a integração ao projeto das escolas estaduais Pedro II e Madre Catarina Lépori. Já aderiram e auxiliam na confecção de luminárias de natal com materiais recicláveis o Instituto Estadual de Educação Odão Felippe Pippi e as escolas municipais Margarida Pardelhas e Marcelino Champagnat. “O Natal que nós queremos é um projeto inovador, construído com carinho para a população de Santo Ângelo, mostrando que é possível, diante da escassez de recursos, com muita criatividade, fazer um grande evento de Natal a partir do uso de materiais recicláveis. Valorizamos e destacamos o trabalho que os voluntários têm na construção de cada uma dessas peças, que deixarão o Natal de Santo Ângelo ainda mais especial”, disse Escobar. Nesta semana o artesão, que assina nesta edição o seu quinto Natal consecutivo, esteve reunido na 14ª Coordenadoria Regional de Educação com professores da disciplina de Artes, explicando o projeto, falando sobre ornamentação natalina e buscando a adesão de mais educandários ao projeto. No Instituto Penal, em anexo ao Presídio Estadual de Santo Ângelo, dois apenados trabalham na soldagem das estruturas para o suporte dos adornos natalinos, preparando quatro pinheiros e mais de 40 anjos que serão instalados nas principais avenidas de acesso à cidade e nos pontos turísticos. De acordo com o vice-diretor do Instituto, Valdeci Soares da Silva, os apenados que auxiliam na construção das peças de ornamentação terão o benefício da remissão de pena, com redução de um dia para cada três trabalhados. Mesmo diante de uma crise financeira generalizada que afeta os municípios, João Escobar usa a criatividade com sustentabilidade para preparar o Natal Cidade dos Anjos 2018, reciclando e reutilizando com nova roupagem decorações de eventos anteriores e revela que haverá surpresas. “Vamos fazer bonito, teremos muitas novidades na ornamentação natalina, principalmente na iluminação e, certamente, na programação que está sendo elaborada”, afirmou o artesão. Uma das novidades é a instalação de uma casa exclusiva para o Papai Noel na Praça Leônidas Ribas, a Praça do Brique, com 20 metros quadrados de área construída, com decoração, a presença constante do Papai Noel e aberta à visitação do público. A previsão é de que a instalação da decoração do Natal Cidade dos Anjos tenha início em 15 dias. O Natal Cidade dos Anjos será realizado no período de 15 a 31 de dezembro e uma ampla programação está sendo elaborada pelo Governo Municipal com apoio das entidades de classe e patrocínio da iniciativa privada.

Fotos: Fernando Gomes e Divulgação SETELJ.


23 visualizações

© Radiocom Santo Ângelo

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon