Buscar
  • Radio Com 98.5

Diversas atividades marcaram o início das aulas do Grupo I no Colégio Sepé


O início do ano letivo para os alunos do Grupo I do Colégio Cenecista Sepé Tiaraju foi marcado por muitas descobertas, curiosidades e conquistas, uma vez que as crianças dessa faixa etária, além de estarem se constituindo como alunos (alguns pela primeira vez e outros retornando neste lugar), também se desafiam ao se autorizar a permanecer por um tempo longe de sua família, que é marcado por intensas demonstrações de afeto com aqueles que lhe demonstram cuidado e carinho.

Segundo a professora Jocenara Vidor, “inicialmente, os olhares são curiosos e o desejo pelas novas descobertas está saliente. Ao mesmo tempo, os educadores e os espaços de aprendizagens são estranhos aos nossos pequenos sujeitos alunos, aonde o tempo de formação de vínculos e segurança vão progredindo e acontecendo aos poucos, com apoio e confiança das famílias”, explica.

A partir desse reconhecimento do espaço de referência, que é a sala do grupo, e também dos demais espaços que circulam, inicia-se uma aproximação aos sujeitos que circulam nos mesmos espaços e tempos. Com isso, autorizam-se a buscar o outro (adulto e seus pares) para interagir em momentos simbólicos ou para comunicar o que deseja, manifestando seus desejos no grande grupo.

De acordo com a professora, esse período de inserimento não ocorre apenas para as crianças que começam ou retornam a frequentar um espaço como sujeitos/alunos, pois há também a família que se organiza ou se reorganiza nessa rotina de levar, despedir-se e buscar na escola. Por isso, a despedida entre famílias e alunos consiste em um momento de autorização, confiança e encorajamento.

Desta forma, o Grupo I irá constituir-se e consolidar-se, compreendendo o ambiente escolar como um espaço de interação, cuidado, autonomia e aprendizagem.

1 visualização

© Radiocom Santo Ângelo

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon