Buscar
  • Radio Com 98.5

Sete viaturas reforçam o policiamento ostensivo em Santo Ângelo


Uma solenidade realizada na manhã dessa sexta-feira, 28, na Praça Pinheiro Machado, marcou a entrega de sete novas viaturas para o 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon) de Santo Ângelo. As quatro caminhonetes Toyota Hilux e quatro Pálio Weekend Adventure foram adquiridas com recursos garantidos via emenda parlamentar, com esforço de todos os deputados federais e senadores gaúchos.

O ato contou com as presenças do prefeito Jacques Barbosa; tenente-coronel José Vilmar Robaina da Jornada, comandante do 7º RPMon; deputado estadual Eduardo Loureiro; vice-prefeito Bruno Hesse; presidente da Câmara de Vereadores, Dionísio Faganello; delegado regional de Polícia Civil, Fernando Sodré; bispo diocesano dom Liro Meurer; coordenadora regional de Educação, Enida Sallet; Ederson Pires Dornelles, delegado regional da 3ª Delegacia Penitenciária e capitão Silvano Rodrigues, representando o 11º Batalhão de Bombeiros Militar.

O tenente-coronel José Jornada destacou a iniciativa do prefeito Jacques Barbosa, do deputado estadual Eduardo Loureiro e de vereadores que buscaram os recursos junto aos deputados federais para garantir a compra das viaturas. “A administração do prefeito Jacques Barbosa reconhece e apoia a Brigada Militar e o deputado Eduardo é um parceiro da nossa instituição e da Polícia Civil. Por isso, o esforço em dotar as instituições de equipamentos que possam ampliar a nossa atuação, propiciando mais segurança para a comunidade. Vale ressaltar que Santo Ângelo é um município seguro e os indicadores comprovam isso”.

O delegado regional Fernando Sodré lembrou que a Polícia Civil também recebeu três novas viaturas oriundas dos mesmos recursos.

O deputado Eduardo Loureiro argumentou que a conquista das viaturas é fruto de um trabalho articulado, com união de esforços e que contou com a sensibilidade dos deputados federais. “A causa da segurança pública está acima de quaisquer diferenças políticas. É um clamor da sociedade”.

Eduardo também falou do déficit de policiais militares no Rio Grande do Sul. “A BM já contou com 30 mil PMs e hoje tem pouco mais de 15 mil. A população aumentou, os problemas aumentam a cada dia e o efetivo caiu pela metade”, comentou.

O prefeito Jacques Barbosa afirmou não acreditar que segurança pública não é uma função do governo municipal. “Penso que tudo que envolve o cidadão deve ser de interesse da gestão. E na segurança pública a maneira de colaborar é assim, buscando recursos, procurando dotar as instituições das melhores condições possíveis para realizar seu trabalho”.

Jacques contou que em 2017, esteve juntamente com o deputado Eduardo e os vereadores em audiências com os membros da bancada federal gaúcha buscando apoio para a destinação de recursos para a agricultura e a segurança pública. “Foram destinadas seis emendas para Santo Ângelo. Para a agricultura adquirimos um trator e um rolo compactador e na segurança estão sendo entregues as viaturas”.

O prefeito citou os deputados federais Pompeo de Mattos, Afonso Motta, Ônyx Lorenzoni, Elvino Bohn Gass, Darcísio Perondi e Cajar Nardes como destinadores das emendas conquistadas por Santo Ângelo.

Ainda sobre investimentos em segurança pública, o prefeito Jacques Barbosa citou algumas ações no setor, como as melhorias projetadas para o setor de videomonitoramento e a iluminação pública, que onde as lâmpadas de vapor de sódio ou mercúrio estão sendo substituídas por equipamentos de LED, melhorando as condições de visibilidade, atendendo cuidados ambientais e propiciando economia para o Município. A troca dessas lâmpadas está ocorrendo inicialmente na região central e numa segunda etapa abrangerá as interligações com os bairros. A terceira etapa será da troca interna nos bairros. “Iluminação de qualidade é segurança”.

Na área da Polícia Civil, Jacques citou o projeto de instalação de uma delegacia especializada no combate ao crime organizado que será sediada junto ao Centro Social Urbano, no Bairro Pippi.

HOMENAGEM

O ato foi encerrando com os PMs locais realizando um “sirenaço” em homenagem aos dois soldados na Capital do estado. Rodrigo da Silva Seixas, 32 anos, e Marcelo de Fraga Feijó, 30, foram mortos em tiroteio com traficantes.


Texto: Hogue Dorneles

Fotos: Fernando Gomes

1 visualização

© Radiocom Santo Ângelo

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon