Buscar
  • Radio Com 98.5

EXPOINTER 2019 – Cozinha Show é atração no Pavilhão da Agricultura Familiar


Na tarde deste domingo (25/08), foi lançada a maior novidade da Emater/RS-Ascar na Expointer, dentro do Pavilhão da Agricultura Familiar, a qual funcionará até o próximo sábado (31/08), com a preparação e degustação de duas receitas todos os dias, sempre às 13h e 15h. De acordo com a coordenadora de Acesso a Mercados Privados da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mônica Batista, a Cozinha Show é uma ação do Mapa - para promoção da agricultura familiar para acesso a mercados e aproximação com segmentos da gastronomia - executada pela Emater/RS-Ascar e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). “Queremos mostrar que a agricultura familiar tem o potencial de ser fornecedor de produtos sustentáveis para elaboração de pratos diferenciados, valorizando a culinária típica regional e preservação da cultura local”, anunciou Mônica. Pavilhão da Agricultura Familiar Durante a 42ª edição da Expointer, os agricultores têm maior participação, sendo 316 espaços de comercialização na 21ª Feira da Agricultura Familiar. O pavilhão, com mais de sete mil metros quadrados, oferece aos visitantes toda a diversidade de produção das agroindústrias, artesanato rural, plantas e flores, além de quatro cozinhas com refeições. Os estandes serão divididos entre 247 agroindústrias; 65 empreendimentos de artesanato rural, plantas e flores; e quatro cozinhas do Rio Grande do Sul, mais cinco empreendimentos rurais do Rio de Janeiro, 10 de Minas Gerais e 1 do Amapá. O número de inscrições é 9,5% maior do que no passado, quando 285 expositores participaram da feira. A Feira é organizada pelo Mapa, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo e pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul (Seapdr), Emater/RS-Ascar, Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS (Fetraf Sul) e Via Campesina. Ao todo, são 139 municípios do Estado que estarão representados no local. “Os visitantes podem conhecer e adquirir alimentos tradicionais e inovadores, que cumprem as exigências tributárias, sanitárias e ambientais, além de representar um modo de produção diferenciado, ligado ao localismo, à tradição e à cultura alimentar e a um modo de produção menos intensivo”, destaca a engenheira de alimentos e extensionista rural e social da Emater/RS-Ascar, Bruna Bresolin Roldan. Todos os inscritos na feira fazem parte do Programa Estadual de Agricultura Familiar (Peaf), gerenciado pela Seapdr e executado pela Emater/RS-Ascar, que oferece serviços para as agroindústrias familiares como qualificação técnica, incentivos financeiros para melhoria e legalização, auxílio na elaboração de projetos para construção, reforma ou ampliação de agroindústrias familiares, elaboração de layout de rótulos e capacitação dos empreendedores. Para o ex-extensionista da Emater/RS-Ascar e que participou do fortalecimento da assistência técnica às agroindústrias, Osvaldo Brunetto, é difícil analisar o estágio atual de desenvolvimento da agroindústria no Estado, sem enfatizar a atuação da Instituição. “Uma atividade que serviu de modelo ao Serviço de Extensão Rural de diversos estados brasileiros”. Cresce cada vez o número de agroindústrias Estado a fora O número de agroindústrias inclusas no Peaf, da Seapdr, cresce a cada ano em função do mercado consumidor promissor no Rio Grande do Sul. Somente em 2019, a meta é de mais de 150 novos. Até julho, 1.363 agroindústrias haviam sido legalizadas no Estado. A Emater/RS-Ascar auxilia as agroindústrias na regularização tributária, sanitária e ambiental. Nesta caminhada, a instituição contribui para que as agroindústrias familiares consigam incentivos financeiros para melhoria e legalização; elabora projetos para construção, reforma ou ampliação; ajuda na confecção de layout de rótulos; capacita os empreendedores e facilita o acesso aos mercados. Confira os pratos a serem elaborados Domingo (25/08) Escondidinho de aipim com linguiça e queijo colonial – 13h Pudim – 15h Segunda (26/08) Pão de queijo com linguiça - 13h Crepe de banana e doce de leite – 15h Terça (27/08) Bruschetta – 13h Cartola – 15h Quarta (28/08) Esfiha de ricota e nozes – 13h Mousse de butiá – 15h Quinta (29/08) Quiche de bacon – 13h Cheesecake – 15h Sexta (30/08) Croque Madame – 13h Suflê de goiabada – 15h Sábado (31/08) Ragus de linguiça e polenta – 13h Bomba de erva mate e creme de butiá – 15h

Fotos: Rogério Fernandes Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar Jornalista Taline Schneider

0 visualização

© Radiocom Santo Ângelo

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon