Buscar
  • Radio Com 98.5

Agroindústrias projetam negócios superiores a US$ 800 milhões após o SIAVS

Números tratam, exclusivamente, de vendas fechadas por produtores de carnes, leite, peixes de cultivo, ovos e genética no maior evento dos setores no Brasil


São Paulo, 17 de agosto de 2022 — O maior evento da avicultura e da suinocultura do Brasil encerrou na última quinta-feira (11), mas o volume de negócios não para. Levantamento feito pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) indica que as projeções de contratos realizados durante o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS) devem ultrapassar os US$ 800 milhões.


Os números resultam exclusivamente da participação de 48 agroindústrias produtoras e exportadoras de carne de aves, suínos, ovos, lácteos, patos, peixes de cultivo e material genético, em ação no SIAVS por meio de parceria entre a ABPA e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). Não são considerados negócios fechados por expositores de equipamentos, ração, insumos biológicos, certificadoras e outros participantes do evento.


Segundo as empresas consultadas, os negócios realizados e os contatos estabelecidos durante o evento deverão resultar em US$ 880,3 milhões em exportações nos próximos 12 meses. Apenas durante os três dias do evento, de acordo com as empresas associadas, os negócios alcançaram US$ 544,3 milhões.


Conforme a ABPA, o SIAVS atraiu para a capital paulista importadores dos mercados da Colômbia, Peru, Dinamarca, Coreia do Sul, Malásia, África do Sul, Filipinas, México, Tailândia, Nigéria, Iraque, Catar, República Dominicana, Alemanha e Estados Unidos, além de traders e outros tradicionais clientes dos produtos exportados pelo Brasil.


Além disso, a parceria ABPA e ApexBrasil levou para São Paulo 28 jornalistas estrangeiros por meio do Projeto Imagem, 15 importadores pelo Projeto Comprador e 15 formadores de opinião de mercados estratégicos via Projeto Formadores de Opinião.


“O SIAVS foi um marco histórico para a cadeia produtiva de proteína animal sob diversos aspectos, seja político, técnico e comercial. Os números e as consultas mostraram que a promoção de negócios e o fomento à geração de receitas cambiais para as cadeias produtivas superou, e muito, as expectativas. O volume de negócios realizados e projetados nos corredores do Anhembi terá significativo impacto positivo na balança comercial da avicultura e da suinocultura do Brasil”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.


Ao todo, 21 mil visitantes de 53 países estiveram presentes no evento — maior número já registrado até aqui. E a próxima edição já tem data marcada: de 6 a 8 de agosto de 2024, no Distrito Anhembi, em São Paulo (SP). As novidades do evento estão no site www.siavs.com.br


SOBRE A ABPA — A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões. Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a ApexBrasil, de cinco marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos, suínos e patos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Duck e Brazilian Pork. Por meio das marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil — como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção — e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.


SOBRE A APEXBRASIL — A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira, entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. A ApexBrasil também atua de forma coordenada com atores públicos e privados para atrair investimentos estrangeiros diretos (IED) ao Brasil, com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.


SOBRE AS MARCAS SETORIAIS – Os Projetos Setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Duck e Brazilian Pork são mantidos pela ABPA em parceria com a ApexBrasil com o objetivo de promover junto ao mercado internacional as carnes de frangos, de suínos, ovos, patos e material genético produzidos no Brasil. Por meio da participação em feiras, realização de workshops e outras ações especiais de promoção comercial, os projetos valorizam atributos destes setores produtivos — como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção — e valorizam as marcas internacionais dos produtos, fomentando novos negócios para os exportadores brasileiros. Cerca de 45 empresas participam dos projetos atualmente. Informações sobre como fazer parte dos projetos setoriais podem ser obtidas pelo e-mail Isis.sardella@abpa-br.org




FONTE: Paulo Roberto Dagustini

Fotos: Alf Ribeiro/ABPA

3 visualizações0 comentário