Buscar
  • Radio Com 98.5

Banco de Alimentos ganha Manual de Boas Práticas


Pesquisa online com os servidores da Secretaria de Desenvolvimento Social também aponta medidas para a saúde ocupacional e melhoria da qualidade de vida em tempos de pandemia



Uma parceria firmada entre a Unijuí e a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) de Santo Ângelo resultou na formatação do Manual de Boas Práticas para os servidores municipais que atuam no Banco de Alimentos, com orientações gerais para manipulação dos produtos distribuídos pelo Programa de Aporte Nutricional.


A saúde mental dos servidores também foi avaliada por meio de pesquisa online realizada no contexto do Projeto Integrador.


A apresentação do material foi na segunda-feira, dia 28 de junho, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, com a participação dos acadêmicos da Unijuí Gabriel Giacobo Costa (Nutrição), Scheila Gomes Gehrcke (Fisioterapia) e Francieli Becker Ribeiro (Farmácia), sob a orientação da professora Eilamaria Vieira. Eles foram recebidos pelo secretário de Desenvolvimento Social Adolar Queiroz, pela coordenadora da pasta, Valdeci Braga, e pela nutricionista do Banco de Alimentos, Vera Sanches e servidores.


O trabalho dos acadêmicos culminou com a elaboração do Manual de Boas Práticas na manipulação dos alimentos e quanto à higiene pessoal, com base no Procedimento Operacional Padrão.


As orientações do manual serão aplicadas no ambiente de produção e de distribuição dos alimentos oriundos da agricultura familiar e dos industrializados que integram o aporte nutricional contemplando as famílias em situação de vulnerabilidade social, que tiveram o risco agravado pela pandemia.


O Projeto Integrador também realizou pesquisa virtual com os servidores da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) para avaliar a saúde mental e física, considerando a pandemia do Coronavírus, com imposição de isolamento social e outras restrições, apontando caminhos para mitigar e evitar seus efeitos nos trabalhadores.


De acordo com a orientadora do Projeto Integrador, Eilamaria Vieira, a pesquisa identificou problemas como ansiedade, insônia, depressão e diabetes entre os servidores. Ela destacou que os problemas foram identificados a partir da avaliação do comportamento dos entrevistados pelos acadêmicos e, a partir das informações, a Secretaria de Desenvolvimento Social, poderá direcionar ações para mitiga-los.


Orientações sobre a ergonomia no trabalho também foram repassadas aos servidores, para adoção de postura correta no cotidiano.


Na avaliação do Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Adolar Queiroz, o projeto é de suma importância para o investimento no bem estar dos colaboradores buscando sempre a melhoria na qualidade de vida e no desenvolvimento do trabalho.


A Informação é de Tarso Weber, Assessor de Comunicação da Prefeitura de Santo Ângelo



0 visualização0 comentário