Buscar
  • Radio Com 98.5

Boas práticas de aplicação de defensivos agrícolas são orientadas em cursos realizados em santa Rosa

Centenas de agricultores da região de Santa Rosa têm a oportunidade de participar da rodada de cursos de boas práticas para a aplicação de defensivos agrícolas realizados pela Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), que coordena o Projeto Estadual de Inspeção Técnica de Pulverizadores Agrícolas (Inspeciona RS). O projeto contempla a inspeção técnica de pulverizadores agrícolas, assim como treinamentos de agricultores, atendendo à Instrução Normativa Estadual vigente para a aplicação de herbicidas hormonais.

O cronograma de cursos na região de Santa Rosa abrange os meses de maio e junho. Os agricultores dos municípios de Cândido Godói e Santo Antônio das Missões foram contemplados nos dias 12 e 13; 18 e 19 de maio, respectivamente. Com uma carga horária total de 16h, o curso é realizado em dois dias.

No município de Santo Antônio das Missões, por exemplo, onde são cultivados 57.500 hectares de soja, 14 mil hectares de trigo e 5 mil hectares de milho, a capacitação, que contou também com a parceria da Secretaria Municipal da Agricultura, abrangeu produtores de grãos de Santo Antônio das Missões e de Garruchos, que acompanharam orientações na teoria e na prática, na comunidade de Rincão do Umbú. O certificado do curso permite que o produtor se cadastre junto à Seapdr, que emite uma certidão obrigatória para a aquisição de herbicidas hormonais a partir do mês de junho.

Os próximos municípios a realizar o curso serão Santa Rosa (24 e 25/05), Caibaté (24 e 27/05), Santo Ângelo (24 e 25/05), Salvador das Missões (25 e 26/05), Três de Maio (1º e 02/06) e São Luiz Gonzaga (1º e 02/06).


Ao treinar os produtores rurais em boas práticas agrícolas para a aplicação de defensivos agrícolas, a Emater/RS-Ascar e a Seapdr buscam qualificar o processo de aplicação nas propriedades rurais do Estado, de modo a melhorar a eficácia agronômica das aplicações, racionalizar a utilização de defensivos agrícolas e mitigar a contaminação humana e ambiental decorrente das pulverizações agrícolas.


O produtor inserido no Projeto do Inspeciona RS além do treinamento, pode receber visitas da assistência técnica sem custos em sua propriedade para a inspeção de pulverizadores e orientações para diminuir os custos de produção e aumentar a renda da propriedade. Além disso, ao compreender os fatores envolvidos na aplicação de defensivos agrícolas o agricultor tem a oportunidade de melhorar a eficiência do controle de pragas, de doenças e de plantas daninhas e de se inteirar das responsabilidades impostas aos agricultores pelo uso de defensivos agrícolas para não ocorrer em infrações.

Os produtores interessados em aderir ao Inspeciona RS podem buscar mais informações junto ao escritório da Emater/RS-Ascar de seu município.

Foto: Marieli Bremm - Divulgação Emater/RS-Ascar

4 visualizações0 comentário