Buscar
  • Radio Com 98.5

Brigada Militar forma primeira mulher no curso de piloto



Na quarta-feira, 07 de julho, três oficiais da Brigada Militar (BM) receberam o certificado de conclusão do curso de piloto aeropolicial. Entre eles estava a primeira mulher piloto da corporação.


A cerimônia de conclusão do curso teórico de piloto comercial de avião e helicóptero aconteceu no Centro de Formação Aeropolicial da Brigada Militar (CFAer), em Capão da Canoa.


O curso teórico de piloto comercial de avião e helicóptero é parte integrante do processo de formação de oficiais que buscam exercer suas funções junto às atividades de policiamento aéreo da corporação.


A capacitação teve início em fevereiro deste ano, com disciplinas sobre meteorologia, navegação aérea, teoria de voo, regulamentos, conhecimentos técnicos, entre outras matérias curriculares.


Em decorrência das restrições impostas pela pandemia da Covid-19 o Centro de Formação Aeropolicial da Brigada Militar adequou os conteúdos para que sofressem o menor impacto possível na formação dos oficiais.


A Capitã Mariana Tigik Hoffmann é a primeira mulher na BM a se formar piloto aeropolicial da corporação.


Ela, o capitão Marcelo Segala Constante e o major João Marcelo dos Santos, foram os oficiais formados nesta edição do curso. O comandante-geral da Brigada Militar, Coronel Vanius Cesar Santarosa, entregou os certificados aos pilotos formados.




A primeira mulher a habilitar-se para pilotar aeronave na Brigada Militar, a capitã Mariana Tigik Hoffmann, classificou-se em primeiro lugar no curso.


A Militar destacou que a experiência do voo é melhor do que ela imaginava, era tudo o que esperava e mais um pouco. Ainda segundo a capitã, em um primeiro momento, foi preciso se ambientar com o novo espaço, novas rotinas e novos conteúdos a serem estudados. Um novo mundo dentro da Brigada.


Com a conclusão do curso teórico de piloto comercial de avião e helicóptero, os formandos demonstram possuir a base teórica para o exercício da função nas unidades aéreas da corporação e poderão dar continuidade na sua habilitação prática.



A Informação é do Setor de Comunicação da Secretaria de Segurança Publica


3 visualizações0 comentário