Buscar
  • Radio Com 98.5

Expointer - Produção de leite à base de pasto e forrageiras são foco no Espaço da Emater/RS-Ascar

A bovinocultura de leite é uma das temáticas tradicionais no Espaço da Emater/RS-Ascar na Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Na edição deste ano, que acontece até domingo (04/09), o ambiente destaca o sistema de produção de leite à base de pasto, com ênfase na criação de terneiras e espécies forrageiras. No local, o público pode conferir o plantio e a adaptação de cultivares forrageiras pesquisadas pela Embrapa.

De acordo com o extensionista rural e coordenador regional de sistemas de produção animal da Emater/RS-Ascar, Ricardo Gutierrez Oliveira, o objetivo do espaço temático é apresentar aos produtores as vantagens do sistema de produção de leite à base de pasto, como o baixo custo de produção e investimento, se comparado a sistemas que necessitam de maior volume de alimentos conservados e insumos externos. Como a base da alimentação dos bovinos é a forragem, saber aproveitar este recurso de maneira mais eficiente retorna maior produção por área de pastagem, garantindo uma produtividade elevada com baixo custo.

Uma das novidades deste ano foi a implantação do Azevém BRS Estações, cultivar que a Embrapa lança durante a Expointer. O Azevém BRS Estações é uma cultivar convencional de azevém de ciclo longo, recomendada para o cultivo em pastagens para alimentação de ruminantes na região Sul do Brasil, mas também pode ser utilizada em parte da região Sudeste, nos climas mais frios, sob irrigação. Conforme divulgação da Embrapa, a cultivar resolve dois problemas: a necessidade de pastagens de inverno mais produtivas e a ocorrência na transição de estações de cultivo, de períodos de escassez de forragem, os denominados vazios forrageiros de outono e de primavera.

Pela alta qualidade da pastagem, suas características contribuem para a melhoria da produtividade animal no período de inverno e, por possuir um ciclo vegetativo mais longo, em torno de dez dias a mais do que outras variedades, a cultivar colabora para uma maior produção de matéria seca durante o ciclo produtivo, contribuindo de forma importante para a superação dos vazios forrageiros, especialmente na primavera.

Outras forrageiras apresentadas na Expointer, na parcela da bovinocultura de leite, são o Azevém Integração, Triticale, Trevo Branco, Trevo Vermelho e Cornichão, opções de cultivares que o produtor rural pode conhecer e trabalhar em seu sistema de produção à base de pasto.

Além da Embrapa, o espaço da Emater/RS-Ascar conta com a parceria da Ginegar, empresa que oferece tecnologias voltadas à produção em ambiente protegido. No local, é apresentado um modelo de sombrite que pode ser utilizado em ambientes com maior insolação, para proteção dos bovinos, contribuindo com o bem-estar animal.’

O Espaço da Emater/RS-Ascar na Expointer apresenta ainda outros 14 temas voltados ao setor agropecuário, além do Pavilhão da Agricultura Familiar, que contempla agroindústrias familiares, Cozinha Show, Turismo Rural, Cooperativismo e Crédito Rural. A Expointer acontece até domingo (04/08), com visitação das 8h30 às 18h, no Parque Assis Brasil, em Esteio.



Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar na 45ª Expointer

4 visualizações0 comentário