top of page
Buscar
  • Foto do escritorRadio Com 98.5

Setor moveleiro terá programa de desenvolvimento

Adesão pode ser feita até 20 de janeiro para empresas que atuam com móveis seriados, sob medida, marcenaria, estofados, esquadrias, metalurgia e arquitetura.


O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação e o Sebrae lançaram edital de chamada pública para o credenciamento de micro e pequenas empresas da cadeia moveleira de Santo Ângelo em um Programa de Desenvolvimento do setor. As empresas têm até o dia 20 de janeiro para adesão e o investimento é de baixo custo para empreendedores.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, João Baptista Santos da Silva, o programa integra a política do Governo Municipal para otimizar o setor moveleiro local, oferecendo capacitação em gestão empresarial, consultoria em gestão empresarial, missão empresarial com visitas aos grandes centros moveleiros gaúchos, debates e tratativas para a realização de uma feira da indústria de móveis e reuniões periódicas com o empresariado. “O Município está fazendo a sua parte, criando um ambiente favorável para os negócios, inserido no plano de desenvolvimento socioeconômico da gestão”, declarou.

HABILITAÇÃO

Podem habilitar-se ao programa empresas que atuam com móveis seriados, sob medida, marcenaria, estofados, esquadrias, metalurgia e arquitetura. Para empresas com até funcionários o investimento é de 10 parcelas de R$ 100 e, com mais de dez colaboradores, 10 vezes de R$ 200. O secretário informa que nesta primeira etapa, a duração é de dez meses. Segundo Baptista, o programa tem um custo de R$ 140 mil e é custeado pelo município e pelo Sebrae.

Para a inscrição a empresa deverá apresentar inscrição municipal em vigência, CNAE da atividade de acordo com o público alvo desejado, porte de empresa enquadrada em MEI, ME ou EPP e o CNPJ passará por avaliação do comitê responsável.

Foto: Fernando Gomes/Arquivo | Arte: Tarso Weber





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PROJETO SACOLA LITERÁRIA

Como forma de incentivar a leitura dentro de sala de aula, a professora Lisandra Saragoso, do Instituto Estadual de Educação Odão Felippe Pippi, realiza o projeto Sacola Literária: uma ação de aprendi

تعليقات


bottom of page