Saúde reforça protocolo de segurança nos lares de idosos

June 27, 2020

   Com a finalidade de intensificar as medidas de prevenção e fortalecer a segurança no Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues, local que registrou um surto do novo Coronavírus (Covid-19) neste mês, e nos demais asilos do município, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esteve reunida com a 12ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) na tarde da quinta-feira (25), avaliando a situação e definindo estratégias para os próximos dias. O secretário municipal de Saúde, Luís Carlos Cavalheiro, ressaltou que o Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues estava fechado para a visitação desde o início da pandemia no Rio Grande do Sul, no mês de março e, desde então, sempre adotou severas medidas de higienização, com o uso de máscaras, luvas, distanciamento controlado, tapetes de sanitização e se manteve de acordo com o protocolo de segurança. "Infelizmente, ocorreu este surto que culminou no óbito de seis idosos e contaminou moradores e funcionários do lar. Todos os idosos falecidos possuíam outras comorbidades de saúde, o que prejudicou também a recuperação. A secretaria de Saúde tomou as primeiras medidas já no mês de março, quando realizamos visitas nos lares da cidade e orientamos a todos. Não existem culpados e nem descaso, estamos combatendo um vírus que o mundo desconhece, e os surtos têm acontecido em diversos países. Lamentamos as perdas destas vidas, mas é válido ressaltar que a Saúde tomou todas as orientações e adotou as medidas cabíveis na instituição antes, durante e depois do surto confirmado", afirmou.

Cavalheiro relata que o mesmo procedimento em relação à segurança, com orientações e medidas de prevenção à Covid-19, estão sendo adotadas nos demais lares de idosos na cidade. "A secretaria está acompanhando a situação em todos os locais e reforçando as medidas de segurança", explica.

Estiveram presentes na reunião, além do secretário Cavalheiro, o coordenador da 12ª CRS, Yuri Sommer Zabolotsky, a enfermeira Daniana Pompeo, o fiscal da Vigilância Sanitária, Ubiratan Alencastro, e o enfermeiro da Vigilância Sanitária, João Paulo Cadona.

 

O SURTO

   Logo que duas funcionárias do Lar da Velhice foram para o isolamento social com sintomas suspeitos e uma idosa internou no Hospital Santo Ângelo, no início deste mês, a Secretaria de Saúde, por meio da Comissão de Vigilância Epidemiológica de Prevenção e Combate à Covid-19 e da Vigilância Sanitária, visitaram a instituição para confirmar que as medidas de segurança estavam sendo tomadas. Exames de eletrocardiograma foram realizados nas pessoas que estavam apresentando sintomas, além de testes rápidos, também nos idosos. "A Secretaria de Saúde disponibilizou médicos, técnicos de enfermagem, todos os equipamentos de proteção individual, medicamentos, álcool gel, exames, etc. Há médico clínico geral e infectologista acompanhando os idosos desde o início deste mês", frisou Cavalheiro.

 

RECUPERADOS

    Dos nove funcionários do Lar da Velhice infectados com o vírus, oito já estão recuperados. Dos 25 idosos com o contágio, seis faleceram e 11 estão plenamente recuperados.

 

Texto/foto: Rodrigo Bergsleithner

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© Radiocom Santo Ângelo